Agora Santa Inês - DIAMANTE VERDADEIRO

DIAMANTE VERDADEIRO

Luís Henrique Sousa Costa*

Não raro eu associo meus amigos a determinadas canções. Quando ouço, por exemplo, a belíssima interpretação de Maria Bethânia em Diamante Verdadeiro meu pensamento voa direto na direção da minha queridíssima Luíza Cantanhede. Atentem: “Nesse universo todo de brilhos e bolhas/muitos beijinhos, muitas rolhas disparadas dos pescoços das chandon’s/não cabe um terço de meu berço de menino/Você se chama grã-fino e eu afino tanto quanto desafino o seu tom”. Luíza é aquela pessoa que não veio passar pela vida, ela veio VIVER. E, apesar de ser uma mulher inteligentíssima, uma mãe excelente, uma amiga de fé e irmã camarada, ela detém o que existe de melhor num ser humano: a simplicidade. Na presença da poeta o riso é solto, a conversa é descontraída, o fardo de viver é leve.

Dia desses uma amiga minha me disse que está esperando Deus voltar para transformar a terra num paraíso. Corrigi de imediato o equívoco dizendo a ela que se nós quiséssemos a terra será o paraíso idealizado por Deus. Basta sermos bons filhos, bons pais, bons vizinhos, bons amigos, deixarmos de ser gananciosos  e mesquinhos, entendermos de empatia (principalmente com a dor alheia). Deus, lá no inicio já fez a parte dele e continua fazendo. É de certa forma negligente responsabilizar Deus que nos fez tão grandes,  e muitos da nossa espécie preferem rastejar na lama do egoísmo ao invés de usarem as asas dadas por Deus para praticarmos o altruísmo. Não se engane caro leitor, com a inserção deste comentário neste texto dedicado a minha amiga a poeta Luiza Cantanhede que aniversaria hoje. Foi proposital, posto que, essas lições ficam bem mais claras na presença de uma pessoa que brilha como a Luíza, brilha para iluminar o viver do outro. Relato, pois, os versos finais da canção: “Eu sou primeiro/ eu sou mais leve/ eu sou mais eu/Do mesmo modo como é verdadeiro o diamante que você me deu. Finalizo, agradecendo a Deus, que me deu Luíza Cantanhede para ser aquela amiga que é, na verdade a irmã que nasceu noutra família. Parabéns Poeta! És um diamante verdadeiro!

*Luís Henrique Sousa Costa, é Escritor, Professor, Poeta, membro fundador da Academia de Letras de Santa Inês, autor de vários livros e emérito colaborador do Jornal AGORA Santa Inês.

 

Postado por: Redação Agora 03

Categoria do Post: Entretenimento

Data: 19/07/2021

Visitas: 18

Palavras-chave: DIAMANTE VERDADEIRO

Fonte:

Big Systems
9659849 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 03 do mês 08 de 2021