Agora Santa Inês - FORA DUNGA!

FORA DUNGA!

Dunga não é mais o técnico da seleção brasileira

 Decisão foi tomada durante reunião na tarde de ontem, terça-feira. O Coordenador de Seleções Gilmar Rinaldi também saiu do cargo

 

Após a eliminação da seleção brasileira na primeira fase da Copa América Centenário, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na tarde de ontem, terça-feira, a saída do técnico Dunga, do Coordenador de Seleções Gilmar Rinaldi e a dissolução da comissão técnica do time. Segundo a entidade, “a decisão foi tomada em comum acordo e, a partir de agora, a CBF inicia o processo de escolha da nova comissão técnica da Seleção Brasileira”.

Dunga contava com respaldo de Del Nero e de cartolas próximos ao presidente até poucas semanas atrás, mas o fiasco no último campeonato deixou a situação do técnico insustentável à frente da seleção.

Rumores indicam que o principal candidato para assumir o cargo é o técnico do Corinthians, Tite. O contrato dele com o time paulista termina no fim de 2017, mas o treinador tem a palavra do clube que pode romper o vínculo amigavelmente.

 

Campanha

Desde que assumiu a equipe pela segunda vez, em julho de 2014, Dunga apresentou desempenho invejável em partidas amistosas e pífio em jogos oficiais. Ele comandou o time em 13 amistosos (se considerarmos o Superclássico das Américas, em 2015), vencendo todos. Mas, quando os jogos valiam os três pontos, o desempenho foi de apenas 54%. Foram seis vitórias em 14 jogos, além de cinco empates e três derrotas.

A última derrota veio no domingo, diante do Peru, que causou a eliminação do Brasil ainda na primeira fase da Copa América – pior desempenho desde 1987. O fraco retrospecto em partidas oficiais também deixou a seleção em sexto lugar nas Eliminatórias – fora, portanto, da zona de classificação à Copa da Rússia.

 

Tite

Caso o técnico corinthiano assuma a seleção brasileira, o time já analisa nomes para substituí-lo. Oswaldo de Oliveira, atualmente no Sport, tem a preferência do presidente Roberto de Andrade.

Oswaldo conhece bem o Corinthians, já foi campeão brasileiro (1999) e mundial e é bem-visto por parte da torcida como sucessor de Tite. Além disso, é um treinador que costuma trabalhar jovens jogadores, dando espaço a atletas das categorias de base.

Roberto de Andrade tem boa relação com Oswaldo e já tentou contratá-lo no final de 2013, quando Tite encerrou sua segunda passagem pelo Corinthians. Mas na época, o então presidente Mário Gobbi preferiu apostar no retorno de Mano Menezes.

Oswaldo tem contrato com o Sport até o final deste ano. Outros nomes analisados pela diretoria são o de Abel Braga, sem clube, e o de Eduardo Baptista, que está na Ponte Preta. O nome de Mano Menezes, que deixou o futebol chinês, está neste momento descartado pela diretoria.

 (Com informações da Agência Estado)

 

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Noticias-do-Brasil

Data: 15/06/2016

Visitas: 747

Palavras-chave: FORA DUNGA!

Fonte: (Com informações da Agência Estado)

Big Systems
10917386 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 05 de 2022