Agora Santa Inês - Não Neymar , não somos babacas.  O babaca foi você

Não Neymar , não somos babacas. O babaca foi você

Pouco menos de um mês antes de comemorarmos o segundo aniversário do 7 a 1, a Seleção passou mais um vexame. Depois da Copa do Mundo de 2014 e da Copa América de 2015, o Brasil mostrou que pode cair ainda mais e foi ridículo  na  Copa América Centenário.Mais cedo comentei os incontáveis problemas da Seleção e do futebol brasileiro, nossa triste realidade atual, a CBF, a corrupção, Dunga, Tite, Sampaoli e muito mais. O vexame é evidente. Os problemas, mais do que nítidos e comentados há muito tempo. A vergonha, enorme. Mas para Neymar, o principal parece ser atacar quem coloca o dedo na ferida e se preocupa com o triste momento do futebol brasileiro. Em Las Vegas, onde está curtindo as férias, o camisa 10 tupiniquim foi ao Instagram escrever asneiras. Não entro no mérito das férias e do tempo livre do jogador, que como todo trabalhador, tem o direito de fazer o que bem entende fora do trabalho, contanto que não comprometa seu corpo e sua mente para a profissão e não faça algo que prejudique o seu rendimento - é claro que algo que prejudica Neymar, não necessariamente vai prejudicar Philippe Coutinho, por exemplo. Cada caso, é um caso.A questão é que Neymar é o craque, capitão, camisa 10 e referência da Seleção Brasileira. Como vários antes dele, como Cafu e o próprio Dunga, que tanto critico como "treinador", ele precisa ter a postura e a conduta de um líder. Fazer selfies durante a partida de seus companheiros e ir ao Instagram atacar quem se preocupa com o futebol brasileiro não é a atitude correta. Não é a atitude de um líder.Neymar me provou, mais uma vez, o que sempre comentei: ele é um craque, faz toda a diferença em qualquer time, mas nunca deveria ser capitão. O camisa 10 brasileiro não tem a mínima condição de usar a braçadeira.É triste observar que nosso "capitão" e nosso "técnico" parecem - ou não querem - não enxergar e se preocupar com os incontáveis problemas da Seleção Brasileira e do futebol tupiniquim. Ambos preferem arrumar desculpas ou atacar quem se preocupa com a fase negra da história do escrete canarinho e os seguidos vexames que estão acontecendo.Os "representantes" do nosso futebol não se comportam como deveriam. Nem dentro nem fora de campo. E enquanto isso, o futebol brasileiro segue agonizando. Me desculpe, Neymar. Usando as suas palavras, o babaca foi você.

Por Gabriel Pazini 

Postado por: Redação Agora

Categoria do Post: Noticias-do-Brasil

Data: 15/06/2016

Visitas: 770

Palavras-chave: Não Neymar , não somos babacas. O babaca foi você

Fonte: Por Gabriel Pazini

Big Systems
10917436 visitas no Portal www.agorasantaines.com.br hoje 18 do mês 05 de 2022